Força Tarefa - Operação de Controle e Combate ao mosquito Aedes Aegypti é realizada em 100% dos bairros da sede e comunidades polos das USFs
23 Fevereiro 2020
Anuncie aqui

Força Tarefa - Operação de Controle e Combate ao mosquito Aedes Aegypti é realizada em 100% dos bairros da sede e comunidades polos das USFs

Entre os dias 13 e 24 de abril, a Secretaria Municipal de Saúde, juntamente com a secretaria de Infraestrutura e demais secretarias do Governo Valente, realizaram uma Força Tarefa – Operação de Controle e Combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue e da Chikungunya. Na quarta-feira (29), a Coordenadora da Vigilância Epidemiológica do município, Andrea Simões, participou da Sessão da Câmara e levou alguns dados sobre a ação, ao conhecimento dos edis, da comunidade presente e da população que ouvia a transmissão através das rádios. 

Em 100% dos bairros da sede do município e nas comunidades polos das Unidades de Saúde da Família, as equipes visitaram, vistoriaram os quintais das residências e orientaram os moradores sobre os devidos procedimentos a tomar para impedir o criadouro de mosquitos. Para uma maior eficácia do serviço, a limpeza de terrenos baldios, sujeitos ao foco, também foi realizada.

Mas, as medidas de controle e combate não foram encerradas com o mutirão. De acordo com o Coordenador Municipal do Programa Nacional de Combate a Dengue, Carlos Freitas, os 27 Agentes de Endemias, que são treinados para lidar com o inseticida (Pyriproxyfen) permanecem aplicando o produto nos reservatórios. A meta é atingir 100%.

De acordo com Andrea Simões, 11 casos de Chikungunya já foram confirmados em Valente, e outros 891 foram notificados até a 14ª semana em que os casos suspeitos começaram ser registrados. Para ela, é de suma importância que a população faça a sua parte de manter limpos os seus quintais e protegidos os reservatórios, pois esta luta é de todos, e o governo municipal não tem como conter sozinho este surto, principalmente após as últimas chuvas. “Esse período de chuva e calor é propicio para a proliferação do mosquito, então, temos que redobrar a atenção e cuidados. Depende principalmente de cada morador. Pois, como diz o lema da nossa campanha, o perigo aumentou, e a responsabilidade de todos também”, acrescenta.



Fonte: Ascom PMV

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Galeria de Fotos

Mais Lidas