Em jogo equilibrado, Bahia e Vitória empatam na Fonte Nova
23 Julho 2021

Banner Gov Central

Banner Central 4

Em jogo equilibrado, Bahia e Vitória empatam na Fonte Nova

Bahia e Vitória realizaram um clássico bastante equilibrado na tarde deste domingo (21), na Arena Fonte Nova. No primeiro tempo, o rubro negro tomou a iniciativa da partida, mas esbarrou na forte marcação tricolor, que teve as melhores chances do começo de jogo, em jogadas de contra ataque.

Os lances de maior perigo da etapa inicial saíram dos pés dos atacantes das duas equipes. Wallyson fez bela jogada, driblou Gabriel Paulista e chutou raspando à trave de Wilson, pelo lado azul, vermelho e branco.

Logo depois, o rubro negro deu o troco. Maxi Biancucchi partiu num contra golpe, limpou Titi e chutou com perigo em direção à meta de Lomba. No entanto, os 45 minutos iniciais terminaram empatados em 0 a 0.

No inicio do segundo tempo, Caio Jr teve que fazer duas alterações. Cajá e Nino saíram para as estreias de Camacho e Daniel Borges.

As mexidas não surtiram efeito e o Bahia começou melhor a etapa final. Talisca colocou Wilson para trabalhar, fazendo grande defesa.

A chance de maior perigo da etapa final foi Fernandão, pelo Tricolor. O atacante saiu de cara com o goleiro Wilson, mas o arqueiro praticou boa defesa. Pelo lado rubro negro, Dinei deu o troco e quase marca também, mas Lomba interviu.

Demonstrando equilibro, as equipes se alternaram no campo de ataque. No entanto o placar final da partida apontou 0 a 0.

O jogo

O Vitória começou tomando a iniciativa da partida. Logo no primeiro minuto de jogo o Leão finalizou a gol e Marcelo Lomba fez uma boa defesa.

O Bahia levou perigo com Anderson Talisca aos quatro minutos. Numa roubada de bola, o meia driblou o defensor rubro negro , mas não conseguiu completar o cruzamento para a área.

As equipes iniciaram o jogo demonstrando muita força na marcação. Escudero arriscou aos nove minutos numa sobra de bola com um chute para fora.

O Leão trocou passes no meio campo, enquanto o Bahia bem postado no jogo buscou os contra ataques. Nos quinze minutos iniciais da partida poucas finalizações a gol de ambas equipes.

O primeiro lance de maior perigo aconteceu aos 19 minutos. Em cobrança de falta de Escudero, Gabriel Paulista desviou de cabeça para fora.

Aos 23 minutos num contra golpe Tricolor, Wallyson fez uma linda jogada deixou o zagueiro Gabriel Paulista no chão e tentou acertar o ângulo de Wilson.  A bola passou raspando e quase o Bahia abre o placar do clássico.

Dois minutos depois o Esquadrão voltou a assustar. Wallyson bateu cruzado, mas Fernandão não chegou para estufar as redes do Leão.

Forte na marcação o Bahia foi para cima do Vitória. Aos 28 minutos em boa jogada de Wallyson, Hélder chutou e a bola passou perto da trave de Wilson.

Aos 30 minutos a resposta do Leão. Em um contra ataque rápido, Maxi Biancucchi arrancou com a bola dominada, driblou Titi, bateu no canto e quase marca para o rubro negro.

Hélder cometeu falta em Biancucchi aos 34 minutos da etapa inicial e recebeu o primeiro cartão amarelo do clássico. Na cobrança da bola parada a defesa Tricolor afastou o perigo.

No final da primeira etapa os times tentaram buscar a meta adversária. Mas a forte marcação das duas equipes fez com que o jogo acabasse empatado em 0 a 0 nos primeiros 45 minutos.

O Vitória realizou uma substituição logo no intervalo da partida. O meia Renato Cajá deu lugar a Camacho, que fez sua estreia com a camisa rubro negra.

Na sequência, aos 2 minutos do segundo tempo foi a vez do lateral-direito Nino Paraíba sentir uma lesão. Caio Jr teve que mexer e promoveu a estreia de outro jogador, o lateral Daniel Borges.

O primeiro lance de perigo da segunda etapa saiu dos pés de Escudero. O meia limpou boa jogada na entrada da área do Bahia e finalizou. A bola passou perto da meta de Marcelo Lomba.

Aos 7 o troco do Esquadrão. Bom cruzamento de Wallyson, Talisca cabeceou para fora.

Lance polêmico aos 9 minutos, em uma escapada de bola Dinei foi derrubado na entrada da área. O juiz mandou o jogo seguir.

Logo depois Anderson Talisca colocou Wilson para trabalhar. Um chute forte de fora da área assustou o arqueiro do Leão, que espalmou para fora.

Fernandão teve a melhor chance do jogo aos 23 minutos do segundo tempo. O centroavante recebeu lançamento de Talisca, numa falha de Gabriel Paulista, saiu cara a cara com o goleiro o Wilson que praticou uma excelente defesa na finalização do atacante.

O Vitória deu a resposta aos 27 minutos numa bola cruzada na área. Dinei quase chega, mas Lomba fez boa defesa.

Cristóvão Borges promoveu das alterações aos 31 de jogo na segunda etapa. Saíram Hélder e Talisca e entraram Fabrício Lusa e Freddy Adu, respectivamente.

O jogo acabou ficando truncado e as equipes se alternaram no ataque. Nos acréscimos, Fernandão quase faz o gol de cabeça, após cruzamento de Wallyson. Mas ao final da segunda etapa o placar não foi alterado e o clássico BaVi deste domingo (21) terminou em 0 a 0.


Fonte: Bocão

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Galeria de Fotos

Mais Lidas