Bahia sai na frente, cede empate ao Cerro, mas avança na Sul-Americana
21 Agosto 2018
Anuncie aqui
Banner  Central 3

Bahia sai na frente, cede empate ao Cerro, mas avança na Sul-Americana

Com time misto, o Bahia garantiu vaga na terceira fase da Copa Sul-Americana, na noite desta quarta-feira (8). Em Montevidéu, Tricolor até saiu na frente do placar, mas cedeu empate ao Cerro-URU e ficou no 1 a 1, no jogo de volta da segunda fase.

Zé Rafael abriu o placar para o Bahia ainda no início do primeiro tempo. No segundo tempo, com um jogador a menos após a expulsão de Nilton, o time baiano sofreu gol de Leandro Paiva.

Com o triunfo pro 2 a 0 no duelo de ida, o Esquadrão fechou a série de dois confrontos com 3 a 1 no placar agregado. Agora, os comandados de Enderson Moreira aguardam o vencedor de Botafogo x Nacional-PAR.

O JOGO

Diante de um adversário limitado, o Bahia não teve dificuldades, mesmo com um time bastante modificado, no primeiro tempo. Logo aos 12 minutos, Zé Rafael lançou Edigar Junio. O atacante driblou o zagueiro, mas, de frente para o gol chutou fraco.

Mas, aos 18, o Tricolor não desperdiçou. Régis arrancou em contra-ataque e tocou para Zé Rafael na entrada da área. O meia chutou fraco, mas contou com o desvio na zaga para enganar o goleiro e balançar as redes.

O primeiro lance de perigo do Cerro só aconteceu aos 30 minutos. Após rebote de Gregore na área, Franco López chutou forte e Anderson fez bela defesa.

Já aos 34, o time uruguaio assustou com Zazpe. Após cobrança de escanteio, o lateral subiu mais alto que a zaga e desviou de cabeça perto do gol.

No segundo tempo, o Esquadrão ficou com um jogador a menos aos 14 minutos. Nilton fez falta dura, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Dois minutos depois, o Cerro chegou ao empate. Leandro Paiva recebeu passe na área, deixou Tiago no chão e chutou no canto de Anderson.

Aos 25, o Cerro quase virou. López recebeu bola na área, cortou Tiago e bateu cruzado. A bola raspou a trave e saiu pela linha de fundo.

Dois minutos depois, Tiago se redimiu e salvou o que seria o segundo gol do adversário. Ciganda invadiu a área, chutou no gol e o zagueiro cortou em cima da linha.

Já aos 46, o time uruguaio teve a última chance de chegar ao triunfo. Zazpe mandou uma bomba de fora da área e Anderson fez grande defesa para garantir o empate.

 

Fonte: Galáticos

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Galeria de Fotos

Mais Lidas