Fora de casa, Bahia volta a vencer o Nacional-PAR e avança na Sul-Americana
31 Março 2020
Anuncie aqui

Fora de casa, Bahia volta a vencer o Nacional-PAR e avança na Sul-Americana

O Bahia não teve dificuldades para confirmar sua classificação à 2ª fase da Copa Sul-Americana. No Paraguai, na noite desta quarta-feira (26), o Tricolor voltou a vencer o Nacional-PAR, desta vez por 3 a 1.

Élber e Gilberto, duas vezes, marcaram os gols do triunfo. No jogo de ida, na Arena Fonte Nova, o time baiano havia vencido por 3 a 0.

Agora, o Esquadrão aguarda a definição do seu próximo adversário, que será conhecido em sorteio na sede da Conmebol.

PRIMEIRO-TEMPO

O jogo começou e o Bahia abriu o placar logo aos dois minutos. Após bom lançamento de Rossi, Élber desviou na saída de Rojas para fazer o primeiro.

Quatro minutos depois, o Tricolor quase aumentou. Após desvio de cabeça de Rossi, João Pedro chutou de fora da área e tirou tinta do travessão.

O Nacional tentou responder aos 14 minutos. Benítez driblou Anderson na área e tentou o chute. Juninho salvou na pequena área.

Aos 28, o Esquadrão chegou com perigo mais uma vez. Após contra-ataque, Gilberto serviu Rossi, que sem goleiro mandou nas redes. Mas, o árbitro marcou impedimento do atacante.

Mas, três minutos depois, o time baiano aumentou. Após lançamento de João Pedro, o zagueiro cortou com o braço e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Gilberto acertou o meio do gol para fazer o segundo.

Aos 34, Anderson evitou o primeiro do time paraguaio. Villagra recebeu na área e chutou rasteiro, mas o goleiro se esticou e fez boa defesa.

Dez minutos depois, o Bahia fez o terceiro. Após passe de Rossi, Gilberto bateu de primeira para fazer seu segundo gol na partida.

SEGUNDO-TEMPO

Na segunda etapa, os donos da casa diminuíram o placar logo aos cinco minutos. Após bola levantada na área, Lucas Fonseca desviou de cabeça, mas o árbitro enxergou mão do zagueiro e marcou pênalti. Na cobrança, Villagra acertou o canto de Anderson.

Aos 33 minutos, o Bahia desperdiçou uma chance incrível. Após chute de João Pedro, Rojas deu rebote, mas Fernandão se atrapalhou e não conseguiu completar. O atacante, porém, conseguiu rolar para Rossi, que chutou por cima do gol.

Quatro minutos depois, o Tricolor voltou a assustar. Após cruzamento na área, Fernandão pegou de primeira, mas mandou por cima do gol.

Já aos 44, a trave impediu o quarto gol. Após troca de passes com João Pedro, Fernandão chutou e a bola bateu no poste. 

 

 

Fonte: Galáticos Online 

Foto: Reprodução / DAZN

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Galeria de Fotos

Mais Lidas