Vitória perde para o Bragantino e se mantém na zona de rebaixamento
28 Fevereiro 2020
Anuncie aqui

Vitória perde para o Bragantino e se mantém na zona de rebaixamento

O sinal de alerta está ligado na Toca do Leão. Neste domingo (29), o Vitória foi até Bragança Paulista e acabou derrotado pelo líder Bragantino por 2 a 0. Com a derrota, o time baiano voltou a terminar uma rodada na zona de rebaixamento. Com 25 pontos e na 18ª colocação, o Rubro-Negro ficou ainda mais próximo da Série C. Pressionado, o Leão volta a campo na próxima quinta-feira (3), diante do Sport, na Arena Fonte Nova.

PRIMEIRO-TEMPO

Vitória e Bragantino fizeram tiveram chances de marcar no primeiro tempo. A primeira delas foi dos donos da casa. Logo a um minuto, Matheus Peixoto chutou da entrada da área e acertou o travessão de Martín. O Vitória respondeu aos nove. Em contra-ataque, Gedoz tocou para Wesley, que driblou o marcador na área e chutou colocado. Júlio César fez grande defesa com a ponta do dedo.

Dez minutos depois, o Rubro-Negro teve outra boa chance Van cruzou da direita e Wesley, livre de marcação, desviou de cabeça e tirou tinta da trave. O time paulista não deixou barato e levou perigo dois minutos depois. Claudinho aproveitou rebote de escanteio e chutou colocado Martín fez bela defesa.

Aos 26, o Bragantino perdeu mais uma chance. Claudinho fez boa jogada pela esquerda a e cruzou na área. Morato concluiu, mas mandou por cima do gol. Aos 36, o Leão sofreu uma baixa. Com dores na coxa, Baraka deu lugar a Léo Gome.

Quatro minutos depois, o Alvinegro teve a última boa chance. Após bola cruzada na área, Bruno Tubarão cabeceou para o chão e Martín fez bonita defesa no reflexo.

 

SEGUNDO-TEMPO

O Bragantino voltou melhor no segundo tempo e quase marcou aos 11 minutos. Morato chutou da entrada da área, a bola desviou na zaga e passou tirando tinta da trave.

Aos 20 minutos, o Vitória fez a segunda mudança Geninho tirou Chiquinho e colocou Felipe Garcia.

Mas, aos 33 minutos, o Vitória não conseguiu evitar. Wesley cruzou rasteiro da direita, Morato se antecipou a Ramon e desviou nas redes para abrir o placar.

Um minuto depois, saiu o segundo. Claudinho recebeu passe na área e tocou no contrapé de Martín para aumentar.

Nos minutos finais, o time baiano não teve mais forças para reagir e evitar um novo revés na competição.

 

 

 

Fonte: Galáticos

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Galeria de Fotos

Mais Lidas