Bahia está na final do Campeonato Baiano
16 Outubro 2019
Anuncie aqui
Banner  Central 3

Bahia está na final do Campeonato Baiano

Para se classificar para final, restava ao Carcará duas possibilidades: vencer por 3 a 0 nos 90 minutos, igualando o saldo de gols e decidindo nos pênaltis, ou vencer por quatro gols de diferença no tempo regulamentar; dessa forma, na soma dos placares, levar a melhor por um gol de diferença.

Nada disso aconteceu e a equipe da casa viu o Bahia ampliar a vantagem ao fazer 1 a 0 com Fernandão, ainda na primeira etapa. O Bahia, com tranquilidade, venceu por 2 a 0 e agora espera o adversário, que sairá da partida entre Bahia de Feira e Vitória da Conquista.

O JOGO

A situação do Atlético de Alagoinhas ficou quase impossível logo aos três minutos. Bremer tentou desarmar Fernandão na intermediária, mas chegou forte demais na jogada, solando o atacante do Bahia. O árbitro não pensou duas vezes e deu cartão vermelho direto para o zagueiro.

Mesmo com menos um, foi o Carcará que chegou primeiro. Hércules passou por três marcadores, ajeitou a jogada para a perna direita e mandou para o gol. A bola foi fraca, Anderson caiu e fez a defesa.

Aos 12 minutos, nova chegada dos donos da casa. Iran pegou sobra no círculo central, soltou uma bomba de primeira e Anderson fez grande defesa.

Administrando a partida, o Bahia arriscou aos 25 minutos. Rogério dominou a bola na entrada da área, puxou para a perna esquerda e chutou rasteiro. Diego, bem posicionado no centro do gol, fez a defesa.

Aos 39, uma grande lambança aconteceu no gramado. O médico do Atlético de Alagoinhas, que também é prefeito da cidade, invadiu o campo e discutiu com o árbitro Bruno Pereira Vasconcelos, após falta em cima de Peixoto. Em seguida, o brigão foi expulso de campo.

Mas quem abriu o placar foi o Tricolor. Elton puxou contra-ataque, passou pelo marcador e tocou em profundidade para Élber pela direita. O atacante do Bahia chutou cruzado e Fernandão, na segunda trave, empurrou para o fundo das redes. 1 a 0 Bahia.

Segunda etapa

Tranquilo e classificado, o Bahia chegou aos 12 minutos. Élber fez jogada individual pela direita, invadiu a área e tocou para trás. Douglas Augusto, sozinho no lance, soltou uma bomba e a bola explodiu no travessão.

Aos 19, o Atlético arriscou em bola parada. Gabriel Esteves bateu falta com estilo, mas a bola cobriu a meta do goleiro Anderson.

Para carimbar a classificação, o Bahia ampliou aos 21 minutos. Élber passou por dois pela direita e tocou para Shaylon na entrada da área. O jogador do Bahia deixou um marcador no chão, puxou para a perna direita e bateu de chapa, no canto, sem chances para o goleiro Diego. 2 a 0 Bahia.

O Atlético assustou aos 33 minutos, Ed cobrou escanteio baixo, defesa do Bahia desacreditou e a bola bateu na primeira trave. Quase um gol olímpico.

 

 

Fonte: Galáticos

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Galeria de Fotos

Mais Lidas