Vitória decepciona, perde para o Botafogo-PB e vê pressão aumentar
19 Junho 2019
Banner  Central 3

Vitória decepciona, perde para o Botafogo-PB e vê pressão aumentar

O Vitória perdeu para o Botafogo-PB por 3 a 1, nesta quinta-feira (7), no Barradão, em jogo válido pela Copa do Nordeste. O revés aumenta ainda mais a pressão sobre o técnico Marcelo Chamusca, que vem sendo contestado pelos resultados ruins da equipe.

Com o resultado, o time rubro-negro estacionou nos quatro pontos, mas caiu para a quinta posição do Grupo A da Copa do Nordeste. 

Agora, o Vitória volta suas atenções para o Campeonato Baiano. O Leão pega o arquirrival Bahia, domingo (10), às 16h, na Arena Fonte Nova.

O JOGO

Ainda sem vencer na Copa do Nordeste, o Vitória entrou em campo para acabar com essa sina. Aos nove minutos, o time rubro-negro teve uma boa oportunidade. Leandro Vilela soltou uma bomba de fora da área, mas Saulo fez uma excelente defesa.

Aos 22, Marcos Vinícius recebeu um passe pelo meio, girou e mandou de longe. Ronaldo se esticou todo e defendeu em dois tempos.

O Vitória dominava as ações no meio de campo, mas falhou nas conclusões. Aos 25, Léo Ceará tocou para Erick, que limpou a marcação, e bateu colocado para o gol. A bola raspou a trave direita do goleiro Saulo. Um minuto depois, Erick armou um rápido contragolpe e acionou Matheus Rocha. O lateral arrematou da entrada da área e a bola foi para fora.

Você já ouviu aquele ditado de “quem não faz, leva”? Pois essa máxima do futebol entrou em campo. Aos 30, do meio da rua, Marcos Aurélio mandou um canhão em cobrança de falta. Ele acertou o ângulo, sem chances para o goleiro Ronaldo.

Os donos da casa tentaram empatar no primeiro tempo, mas esbarrou no goleiro Saulo.

Segundo tempo

O técnico Marcelo Chamusca decidiu fazer uma mudança no intervalo. Ele sacou Yago e colocou o atacante Neto Baiano.

Aos oito, o Botafogo-PB ampliou. Lula apareceu sozinho e soltou uma bomba para o gol. A bola ia para fora, mas o zagueiro Thales tentou afastar em cima da linha e mandou contra o próprio patrimônio. 

O Vitória conseguiu diminuir aos 11. O lateral Roniery furou a bola dentro da área. Léo Ceará ficou com a sobra e mandou para o fundo das redes.

E Marcos Aurélio estava impossível. Aos 25, ele roubou a bola na intermediária e tocou para Dico. O atacante invadiu a área e deu um passe para trás. Marcos Aurélio, sozinho na pequena área, dominou com tranquilidade, chutou forte para o gol e ampliou o placar.

As duas equipes criaram chances, mas o placar terminou com triunfo do Botafogo-PB por 3 a 1.

 

 

Fonte: Bahia Notícias

Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Galeria de Fotos

Mais Lidas