Com tranquilidade, Vitória vence o Jequié no Barradão
16 Fevereiro 2019
Banner  Central 3

Com tranquilidade, Vitória vence o Jequié no Barradão

O Vitória venceu o Jequié por 4 a 0, nesta quarta-feira (6), no Barradão, em confronto válido pelo Campeonato Baiano. Os gols foram marcados por Erick, Yago, Jeferson e Léo Ceará.

Com o resultado, o time rubro-negro chegou aos dez pontos, mesmo número do líder Bahia de Feira. No entanto, o Leão perde nos critérios de desempate e segue na segunda posição.

O próximo compromisso do Vitória é justamente contra o Bahia de Feira. O duelo acontece no domingo (10), às 16h (horário da Bahia), na Arena Cajueiro, em Feira de Santana, válido pela quinta rodada do Campeonato Baiano.

O JOGO

O Vitória criou a primeira oportunidade do jogo. Aos oito minutos, Matheus Rocha cruzou para Léo Ceará, que cabeceou. A finalização foi no centro do gol e Douglas Palagi defendeu.

Os donos da casa controlavam as ações do jogo. Em menos de três minutos, a equipe criou três oportunidades. Uma com Leandro Vilela, que pegou uma sobra e mandou de fora da área. A bola saiu por cima da meta defendida por Douglas Palagi. Na sequência, o time tentou com Rodrigo Andrade e Léo Ceará, mas esbarrou no goleiro do Jequié.

Sobrando no jogo, o gol era questão de tempo. E o placar foi inaugurado aos 22 minutos. Erick fez um lançamento da direção de Yago, que não tocou na bola, mas enganou o goleiro Douglas Palagi e a bola parou no fundo da rede. 

Aos 28, o Vitória marcou o segundo gol. A defesa do Jequié parou e Ruy descolou um lançamento em direção a Jeferson. O lateral apareceu sozinho e desviou a bola para o fundo da rede.

Só dava Vitória na partida. Aos 40, Yago foi lançado e acabou derrubado pelo goleiro Douglas Palagi. O árbitro Diogo Pombo marcou pênalti, mas voltou atrás após o assistente apontar impedimento. Porém, as imagens de TV mostraram que o jogador estava em posição legal.

Segundo tempo

Atrás do placar, o Jequié iniciou o segundo tempo tentando pressionar o Vitória, mas sem efetividade. 

Aos sete minutos, Jeferson entrou na área e tocou para Leandro Vilela, que chutou para fora.

O Vitória desperdiçou muitas oportunidades.  Aos 12, Léo Ceará cabeceou forte, no ângulo, e Douglas defendeu. Aos 21, a bola sobrou livre para Edcarlos, que soltou uma bomba dentro da área. O arqueiro do Jipão operou um milagre e evitou o gol.

A etapa final foi praticamente um jogo de ataque contra defesa.  Aos 36, Léo Ceará invadiu a área, driblou João Neto e acabou derrubado dentro da área. O árbitro não teve dúvidas e marcou penalidade máxima. O próprio Léo Ceará cobrou e aumentou a vantagem do Leão no jogo.

E deu tempo para mais um. Aos 44, Matheus Rocha acionou Yago dentro da área. Com tranquilidade, ele arrematou e saiu para celebrar o gol.

 

 

Fonte: Bahia Notícias

Foto:Maurícia da Matta/ Divulgação/ Vitória

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Galeria de Fotos

Mais Lidas