Vitória leva susto no início, mas vence o Serrano no Barradão
16 Outubro 2019
Anuncie aqui
Banner  Central 3

Vitória leva susto no início, mas vence o Serrano no Barradão


Diante de um público diminuto, no Barradão, o Vitória levou um susto logo no início do jogo e viu o Serrano abrir o placar. Mas, o Rubro-negro fez valer seu mando de campo, virou e venceu o adversário por 3 a 1 nesta quarta-feira (11).
 
Rogério, duas vezes, e Neto Baiano, de Pênalti marcaram os gols do triunfo. Com o resultado, o Leão marcou seus primeiros três pontos na Copa do Nordeste e assumiu a vice-liderança do Grupo A, atrás apenas do América (RN), que tem seis.
 
A vitória também trouxe tranquilidade para os comandados de Ricardo Drubscky trabalharem na parada para o Carnaval. O Vitória só volta a campo no dia 18 de fevereiro, diante do América (RN), novamente no Barradão. A partida valerá a liderança do grupo.
 
O JOGO
 
O Vitória começou o jogo sonolento e levou um susto logo aos nove minutos. Após cobrança de escanteio, a defesa parou e Rogério se antecipou para desviar para as redes. Fernando Miguel nada fez para tentar impedir.
 
Mas, o Rubro-Negro acordou e buscou o empate dez minutos depois. Após bom passe de Escudero na área, Rogério, do Leão, chutou forte no ângulo sem chances para Aranha.
 
Inspirado, o atacante do Vitória fez o terceiro e garantiu a virada aos 31. Após roubar bola na entrada da área, Rogério deixou um marcador para trás e bateu colocado no canto esquerdo do goleiro.
 
Aos 37, o lance mais polêmico da etapa inicial. Bida recebeu passe na área, driblou Fernando Miguel e foi derrubado pelo goleiro. O árbitro da partida, porém, marcou simulação do volante.
 
Mas, aos 43, John Herbert marcou pênalti, só que para os donos da casa. José Welison foi derrubado por Rogério após tentar o drible na área. Na cobrança, Neto Baiano descolocou Aranha e fez seu primeiro gol no retorno ao Vitória.
 
SEGUNDO-TEMPO
 
No segundo tempo, as duas equipes deixaram o ritmo cair e o jogo seguiu sem lances de perigo até que, aos 21 minutos, o técnico Ricardo Drubscky fez a primeira mudança. Euller entrou no lugar de Vander. Um minuto depois, foi a vez de Willie entrar na vaga de Mansur.
 
Aos 25, mais um lance polêmico na partida. Amaral fez um lindo lançamento para Willie, que invadiu a área, driblou aranha e foi claramente derrubado pelo goleiro. O árbitro, novamente, deixou de marcar um pênalti.
 
Aos 30 minutos, o treinador rubro-negro fez a última mudança. Rogério deixou o campo para a entrada de Mauri. Mas, nos minutos finais, o Vitória criou pouco e desperdiçou as chances criadas.
 
Fonte:  Galáticos


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Galeria de Fotos

Mais Lidas