Tchô, ex-América Mineiro, deve ser apresentado pelo Bahia na segunda-feira
22 Novembro 2019
Anuncie aqui
Banner  Central 3

Tchô, ex-América Mineiro, deve ser apresentado pelo Bahia na segunda-feira

Na sexta-feira (2), o diretor de futebol do clube, Alexandre Faria, confirmou que está em negociação avançada com Tchô, que disputou a última Série B pelo América Mineiro, onde o gestor trabalhava antes de acertar a vinda pro tricolor.

“O interesse pelo Tchô é verídico. Ainda não assinamos, mas a gente está negociando e é bem provável que ele seja anunciado na próxima semana”, disse o dirigente. Faria fez elogios ao atleta e diz conhecer bem o futebol do meia, com quem trabalhou também no Atlético Mineiro.

“Conheço ele desde a base do Atlético Mineiro. É um meia com técnica diferenciada e bola parada muito boa. Em 2006, com 19 anos, ele fez uma temporada espetacular na Série B pelo Galo”, lembrou. O gestor ainda comentou sobre o desempenho do meia no ano passado.
 
“Comigo no América fez 28 jogos, marcou nove gols e deu seis assistências. Depois ele teve uma lesão no tornozelo que o atrapalhou. É um atleta que eu gosto e, por isso, estamos tentando. O Sérgio Soares (técnico), de imediato, o quis quando fiz a sugestão. Conversei com Tchô e ele vem apostando no que a gente quer fazer com o Bahia, além de se enquadrar no orçamento e critério técnico”.

Currículo

Valdecir de Souza Júnior, o popular Tchô, é mineiro de Belo Horizonte e foi revelado nas divisões de base do Atlético. Em 2005, fez sua estreia como profissional, mas foi no ano seguinte que passou a jogar com regularidade no time do técnico Levir Culpi, que conseguiu o acesso à Série A naquele ano.

Em 2007,  foi um dos destaques da seleção brasileira no Sul-Americano Sub-20. Dois anos depois, no final de 2009, o jogador foi negociado com o Marítimo de Portugal, onde chegou a disputar, na temporada 2010/2011, a Liga Europa, marcando três gols na competição.
 
Retornou ao Brasil em 2012 para jogar no Guaratinguetá. Em 2013, conquistou mais um acesso para a Série A, dessa vez pelo Figueirense, onde disputou 20 jogos no Campeonato Brasileiro e marcou quatro gols.
 
Tchô, no Esquadrão, tentará o seu terceiro acesso pelo terceiro clube diferente. Por enquanto, para a posição, o Bahia conta apenas com o jovem Rômulo, que se destacou na reta final do Campeonato Brasileiro do ano passado.
 
Bahia mandará Aldo França a São Paulo para captar novos talentos

A figura do olheiro andava meio sumida no Esporte Clube Bahia nos últimos anos. Ontem, o clube confirmou que Aldo França, agora coordenador de captação, irá até São Paulo para acompanhar as Copas São Paulo de Futebol Júnior e Votorantim.

Segundo o presidente Marcelo Sant’Ana, essa prática será frequente durante o seu mandato, já que o fortalecimento das divisões de base está entre as propostas de gestão. Aldo acredita que garimpar novos talentos precisa ser algo rotineiro no Bahia.

“Entendemos que essas competições são de alto nível nas divisões de base. Vamos atrás de atletas, principalmente os que estejam em clubes de menor expressão. A ideia é olhar o maior número de clubes e tentar trazer a maior quantidade possível de atletas”, explicou ele, animado.



Fonte: Correio

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Galeria de Fotos

Mais Lidas